terça-feira, agosto 09, 2005

Ontem tinha muitas ideias, do que hoje ía falar na minha página, mas há noite na cama, parece que todas as ideias são boas, de manhã todas se desvanecem. Pensei ontem, que tinha que tornar as minhas páginas, como algo de mais útil, depois reflecti melhor, e pensei que falar dos meus sobrinhos é amor, logo é algo de bom. Porque o essencial será transmitir amor em tudo o que fazemos.
Hoje vou falar um pouco de mim, estou desempregada, vai fazer em Setembro 2 anos,
Comecei a trabalhar aos 18 anos, depois de ter acabado o meu curso como desenhadora,
Era uma privilegiada pois comecei logo com bom ordenado, trabalhava 8 horas por dia coisa que sempre trabalhei, até ficar nesta situação, como estava numa empresa que vendia máquinas fotográficas, fui me chegando para a fotografia de artes gráficas, que me dava um prazer enorme, (ainda hoje sonho que estou a fotografar), hoje penso que já é tudo feito no computador, mas naquele tempo era tudo manual, em seguida fui largando a área do desenho, e daí que perdi a evolução do desenho no computador, fiquei uma desenhadora analfabeta em termos de computador, mas eu estava tão contente com o que fazia na altura, que nem dei conta. Em outro dia continuo a contar a minha vida de trabalhadora .Agora tenho que ir fazer as coisas que as donas de casa fazem centenas de vezes, passar a ferro etc. etc. Há manhã cá estarei.

2 comentários:

Angel disse...

Olá querida Aldora...queria te agradecer pela visitinha ao meu blog...eu estava viajando, mas já estou de volta!!

Queria que soubesse que não se pode perder as esperanças, eu tambem trabalhava com desenho, e alcancei o tempo em que tudo era feito a mão, hoje como arquiteta não posso negar que o computador é mesmo uma ferramenta poderosa...fica bem!!!

Bem, vou indo mas volto...

Adorei te conhecer

Bjokas
Angel

peregrina disse...

oie, aldora, vim conhecer seu blog e agradecer sua visita lá no meu, olhe, volte sempre, viu? bjinhos e tudo de bom!!