terça-feira, outubro 04, 2005






Papá hoje farias 76 anos, nunca me esqueço do dia do teu aniversário.
Passaram 11 anos que me deixas-te, sem uma palavra, uma única frase sequer, dirigida a mim, procurei por dentro de livros, por onde pude, mas não encontrei nada, que tivesses deixado para despedida. Ainda hoje é muito difícil falar contigo sem chorar. De qualquer forma se tiveres algum meio de me ouvires, digo-te, tenho muita pena que não tenhas conhecido estes novos meios de comunicação, e de conhecimento, que é hoje a, Internet.
Tu que sempre foste tão inteligente, tão virado para tudo que era novas tecnologias, certamente nunca te irias sentir só, como penso que te sentias. Não quiseste continuar desististe, tenho muita pena que assim tenha sido. Faltava tão pouco para o Natal, seria isso que te fez ir embora?
Tantas perguntas ficaram por responder!
- É estranho, sinto que hoje estás mais perto de mim, talvez por isso não seja necessário dizer muito mais, fui à procura de um livro de Saint Exupéry que tanto gostavas como escritor, aqui vai um pequeno texto do livro “Terra dos homens”.
“Só somos felizes, quando tomamos consciência do nosso papel, mesmo o mais apagado. Só então podemos viver e morrer em paz: porque é o que dá sentido à vida é o que dá sentido à morte.
A morte é cheia de doçura, quando está na ordem das coisas, quando o camponês, no termo do seu reinado, deposita nas mãos dos filhos a sua parte de cabras e oliveiras, para que eles as transmitam, por sua vez, aos filhos dos seus filhos. Só se morre a meias numa família camponesa. Cada existência fende-se na sua hora, como uma vagem e entrega as suas sementes. É bem sabido que tudo no homem é paradoxal. Assegura-se-lhe o pão para lhe permitir criar e ele adormece; o conquistador vitorioso amolece, o generoso torna-se sovina se o enriquecem. Que nos importam as doutrinas politicas que pretendem desenvolver o homem se não soubermos primeiro qual o tipo de homem que vão desenvolver! Quem vai nascer? Não somos gado de engorda, e o aparecimento de um Pascal pobre tem mais peso do que o nascimento de vários anónimos prósperos.

A terra ensina-nos muito mais sobre nós próprios, do que todos os livros. Porque nos resiste. E o homem descobre-se quando se confronta com o obstáculo. Mas, para o atingir precisa de um utensílio. De uma plaina ou dum arado. No seu trabalho, o camponês arranca pouco a pouco à natureza alguns segredos; e a verdade é universal”.
Acho que hoje ao sentar-me aqui, a escrever para ti papá, ao transcrever este livro que tanto gostavas (nunca me tinha debruçado, (sobre o livro e já o conheço há muitos anos), mas agora acho que ficou tudo mais nítido foi como se as palavras Exupéry fossem as respostas que me ficaram por responder. Esta foi a maneira que achei para te oferecer como prenda de anos, ler aquilo que tu gostavas.

14 comentários:

Marcia disse...

Há tantas palavras bonitas, com tantos sentidos
Há palavras de carinho que afagam a alma
Há palavras de amor que aquecem o coração
Há palavras de incentivo que nos levam à frente
Há a Palavra de Deus, essencial em nossas vidas
Há, também, para mim, a palavra mais bonita
Aquela que chegou na hora certa,que eu precisei
Esta palavra bendita é PALAVRA DO AMIGO!

Bjus! Uma ótima semaninha.

= Márcia Cristina =

Marukinhos disse...

Pai é inesquecível,é um só,onde quer que ele esteja com certeza está vendo tudo isso, essas palavras lindas que vc colocou em seu post dirigidas a ele, tbém perdi o meu e sei o que sentes,mas Deus sabe o que faz.
Beijão no seu coração.
Mudando de assunto pode deixar que não vamos esquecer das camisinhas hehehehe,mas é sempre bom lembrar né.
Abraços adorei sua visita!

Regina disse...

Querida Aldora
As pessoas que amamos, nunca morrem. Apenas partem antes de nós.
Você mora no meu coração
Um beijo carinhoso
Regina

Lilian Britto disse...

Oi Aldora!!! Fiquei muito feliz por ter passado no meu blog e comentado!!! Seu blog é lindo, nos fala direto ao coração. Visite-me sempre!!! Bjuss, fike c Deus.

Anónimo disse...

Mamã

Gostei muito de ler as tuas palavras para o avô, tocaram-me muito. Foi uma linda homenagem que lhe fizeste, ele ia ter muito orgulho em ti se as lesse. Tenho pena de não ter mais recordações dele, mas a vida é assim mesmo, além disso as poucas que tenho sao bonitas. Lembro dele me ter dado uns figos, fruto que na altura nao gostava mas que dessa vez, talvez por terem sido dados pelo meu avô, me souberam mto bem. Ainda hoje qdo vejo um figo me lembro disso. Parabéns avô! E beijinhos grandes que partilham a tua saudade mamã.
Filipa

Ivan disse...

Sendo o Espírito Imortal, não será à toa afirma que seu papi vive. Não só em seu coração, mas por si só. A homenagem foi bela. Ele, Filipa, já está orgulhoso. Estou aqui para agradecer o carinho da visita no Vertentes de Mim. Retorne sempre que quiser

Scorpion e Cancer disse...

Oi kerida Aldora.
Que post lindo amiga. Me deixou com os olhos marejados. Seu pai com certeza onde estiver, estará sentindo muito orgulho de ti.
Queria te dizer tmb linda, q suas palavras em meu blog me emocionaram. E complementar amiga, que bonequinhos não tem tanto sentimento como as palavras. E nas suas palavras, senti o imenso carinho vindo de ti. E isso amiga, é tudo q dou valor.
Muito obrigada, por toda emoção que me fez sentir hj.
Deixo a ti o mesmo abraço carinhoso e um beijo afetuso em seu coração
sua amiga = Marcia Cristina =

Angel disse...

Que lindo Aldora...que bom que depois te tanto tempo, encontraste neste livro as palavras simbolicas da despedida...a vida é assim!! intrigante e surpreendente...
Ele há de estar feliz por vc, onde estiver!!
Grande beijo

Rita disse...

Oi, querida... vim te desejar um lindo findi semana. bjinhos

tuxa disse...

OI QUERIDA
QUE BOM QUE LEMBROU SEU PAPÁ NO BLOG,ME EMOCIONARAM SUAS PALAVRAS PRA ELE,INEVITAVÉL NÃO PENSAR NO MEU QUANDO PARTIU TMB...MAS ELES NÃO MORRERAM PASSARAM SÓ A VIVER NOS NOSSOS CORAÇÕES.
LINDO VER TANTO AMOR POR UM PAI...~
FIQUE BEM
BJ EM SEU CORAÇÃO
Que Deus

Esteja na tua frente
para mostrar o caminho certo...

Esteja ao teu lado,
para te abraçar e proteger...

Esteja atrás de ti,
para te salvar de pessoas falsas...

Esteja debaixo de ti,
para te amparar quando caíres
e que te tire das armadilhas...

Esteja dentro de ti,
para te consolar quando estiveres triste...

Esteja ao redor de ti,
para te defender
quando outros te atacarem...

Esteja sobre ti
abençoando-te sempre....


Pois você sendo meu amigo, merece todas a bênçãos de Deus!

Graciele disse...

oi miga
vim te desjar uma otima final de semana,iluminado,cheio de alegria e felicidade,
seu ta bonito cada vez mais,seu blog é mtuuuuuuuu bonito é show,volte sempre
no meu cantinho estarei te esperando por la
beijos
tchau

kaldinhas disse...

Olá Aldora,desculpa a ausencia,mas andei em mudanças:-)

Que te posso eu dizer deste artigo?
Tu dizes tudo,tu fizeste uma linda homenagem a alguém que deve ter sido uma pessoa cheia de bons e puros sentimentos.
Onde quer que esteja o teu pai deve estar orgulhoso de ti.
Beijinhos grandes

Anónimo disse...

Não são todos os dias que recebemos tamanha felicidade de visita. Vim para te dizer que movida pela curiosidade vim até seu blog para conhecer-lhe. Li atentamente seu último post que, me emocionou muitíssimo. Sempre nos tornamos eternamente responsáveis por tudo aquilo que cativamos...diga-se de passagem que fui cativada por sua linda visita. Tomei a liberdade de colocá-la em meus links favoritos para nunca esquecer de vir aqui. Um grande beijo....

Drika disse...

Não são todos os dias que recebemos tamanha felicidade de visita. Vim para te dizer que movida pela curiosidade vim até seu blog para conhecer-lhe. Li atentamente seu último post que, me emocionou muitíssimo. Sempre nos tornamos eternamente responsáveis por tudo aquilo que cativamos...diga-se de passagem que fui cativada por sua linda visita. Tomei a liberdade de colocá-la em meus links favoritos para nunca esquecer de vir aqui. Um grande beijo....