sexta-feira, novembro 18, 2005


Gostava de falar hoje, da Manuela ou Kaldinhas, foi a segunda pessoa que comentou no meu blog,ainda era num blog que tenho no sapo, porque a primeira comentou em Inglês para dizer "muito bem" não liguei muito ao comentário da Kaldinhas primeiro porque parti do principio que era um miudo, e eu explico quando andava na escola secundário tive um colega que tinha a alcunha do Kaldinhas aí imaginei logo o miudo que era irritante de oculinhos na ponta do nariz, mais tarde reparei que era uma rapariga e não sei como, vi que tinha 22 anos, pensei está a meter conversa e daqui a dois dias nunca mais se lembra de mim não voltei a tomar muita atenção, pelos vistos isto é a prova que muitas vezes fazemos juizos errados do que o que nos parece á primeira vista, pois ela nunca se esqueceu de mim e tem sido amiga de verdade, tem sempre um graça para me pôr bem disposta, aqui vai o botão dela é só clicar


Natal
Marcos era uma criança que vivia com sua mãe, uma pobre costureira, numa casinha de um só quarto. Na véspera de Natal, na sua cama, a criança esperava ansiosa a vinda Papai Noel. Ele tinha deixado pendurada na janela da casa uma meia, esperando encontrá-la na manhã seguinte cheia de presentes.
Mas sua mãe sabia que não haveria presentes de Natal por falta de dinheiro. Para evitar que ficasse desiludido, explicou-lhe:
- Há bens visíveis, que se compram com dinheiro, e bens invisíveis, que não se compram, nem se vendem, nem se vêem, mas que fazem a gente muito feliz: por exemplo, o carinho da mãe.
No dia seguinte, o filho acordou, correu até a janela e viu sua meia vazia. Recolhe-a com emoção e alegria e mostra-a à mãe:
- Mãe, está cheia de bens invisíveis! - exclamou feliz.
Mais tarde, na escola, houve um encontro de professores, pais e crianças, numa confraternização de Natal. Cada aluno mostrava, orgulhoso, seus presentes. Marcos parecia indiferente a toda essa euforia.
- E você, Marcos, o que ganhou? - perguntaram-lhe seus colegas
Marcos levantou a cabeça e mostrou sua meia vazia:
- Eu ganhei bens invisíveis! - respondeu.
Diante das gargalhadas de seus colegas, sua professora se aproximou e pediu silêncio para que Marcos pudesse explicar.
- Bens invisíveis - repetiu ele. - Amor, felicidade, amizade, carinho, harmonia, união, alegria, sabedoria, paciência e muitos mais...
Seus colegas não sabiam se deveriam rir ou ficar sérios.
Enquanto isso, Fredy, menino muito cheio de si e mascarado,e, por esta razão, pouco simpático aos seus colegas, estava sendo gozado, por inveja, pelas outras crianças, que desfaziam do belo carrinho com controle remoto que ele ganhou de presente e que orgulhosamente exibia. Eles punham defeito em tudo. Então, Fredy, furioso, pegou o carrinho e o espatifou contra o chão. Quando seus pais perceberam este gesto, aproximaram-se:


- Não sei o que fazer - disse o pai à professora que também se tinha aproximado. - Nenhum presente o torna feliz.
- Não sabemos o que fazer com ele - acrescentou a mãe.
Então, a professora, que conhecia os problemas de relacionamento de Fredy com seus pais, disse-lhes:
- Talvez Fredy goste do presente que ganhou Marcos. Perguntem a ele - disse mostrando-lhes o menino.


Os pais aproximaram-se de Marcos e ficaram conversando com ele durante alguns minutos. Depois comentaram com a professora:
- Acho que foram esses os presentes que devíamos ter-lhe dado e não lhe demos. Obrigado.
E foram embora, levando seu filho Fredy para dar-lhe de presente... "bens invisíveis"!

(Autor desconhecido )

15 comentários:

Anónimo disse...

Experiência
Obrigada a todos que deixaram aqui um carinho.
Beijinho
Aldora

Quico disse...

Uma história linda! Mas olha que neste mundo, deve haver meio por meio de bens, bem visíveis e esses bens invísiveis. Uns têm tudo e outros não têm nada. Sabes que o Ventor não liga ao Natal porque o transformaram numa feira? Bjs.

O PACIENTE PORTUGUÊS disse...

É uma história muito bonita e muito apropriada aos tempos que vivemos porque o Natal converteu-se numa festa que só interessa ao comércio.Até já se fala do stress do Natal porque as pessoas,nesta altura,andam desvairadas a fazer compras,aflitas porque já não sabem o que hão-de oferecer a A,B ou C,os casais discutem entre si,os filhos discutem com os pais e vice-versa.Ainda o ano passado me fartei de observar cenas destas porque actualmente os presentes de Natal tornaram-se um frete.Oferece-se porque tem de ser,porque é hábito,porque é preciso retribuir aquilo que nos vão oferecer a nós,enfim,é realmente um grande frete.Vai longe o Natal em que o mais importante era o simbolismo da Festa em si,a reunião da família,as rabanadas,a missa do galo,ninguém pensava em presentes,só nos tais presentes invisíveis.Aproveito para agradecer as tuas visitas ao TELESCÓPIO e sobre o pedido que fizeste,claro que deixo,até agradeço o teu interesse.BJS.

Regina disse...

Minha querida Aldora! Poxa vc tinha vergonha de comentar no meu blog. Se vc soubesse como fico feliz quando vejo um recadinho seu lá. Ainda bem que vc perdeu a vergonha, hehehe Assim pude conhecer seu cantinho e a pessoa encantadora que vc é. Vc reclamando do frio e eu do calor. Acho que vou derreter, rsrs Prefiro o inverno pq me sinto mais disposta. Te desejo minha linda, um fim de semana abençoado e com muitas alegrias. Um beijo no seu coração.
Regina

kaldinhas disse...

Aldoraaaaaaaaaaaaaaaaa,credo,estou toda atrapalhada nem sei por onde começar.
Bem pelo principio,né??
Em 1º lugar,PARABÉNS o teu template está divinal.Lindo.lindo.Essa imagem é deveras ternurenta e linda.tem realmente o verdadeiro espirito natalício.Lindo mesmo,parabéns.Ós buttons também estão divinais.Vou levar este para colocar na sala de visitas,já que o outro está onde eu acho que deve estar.Nos amigos dos animais.
Bem,com que então eu um cachopo,irritante e de oculos??? ahahhahahah irritante acredita que sou por vezes,de oculos,por enquanto só de sol, garoto por enquanto não,mas nunca se sabe se um dia eu não mudo lololo.22 anitos,ai ai já tive,há muito tempo atrás.
Agradeço o que disseste sobre mim,estou a ahabituar-me mal,de repente entro em 3 blogs e falam de mim.Ui estou toda inchada (ou será gorda??? eheheh)
Amiga,eu não sou muito de meter conversa,meto sim,quando gosto do que vi publicado.E se meti conversa contigo é porque valia a pena.Quando vejo algo que me chama a atenção,comento e a pessoa aparecer muito bem,se não aparecer,não há problema,eu continuo a comentar,porque tem algo que vale a pena ler,ou aprender.Há blogs que eu comento muita vez e nunca recebi um comentário,o que eu entendo.Isto porquê? Para mim, o que eles (elas) têm publicado tem interesse, o que eu publico não tem interesse para todos, eu entendo.Nem todos são obrigados a comentar e a visitar quem não gostam,né?
A história,muito bonita.Os melhores presentes não se veem,saiem do coração.
Ai credo mulher,hoje é que usei e abusei,desculpa o testamento.
Um beijo do tamanho do mundo e obrigada pelo teu carinho,É isso que conta e mais uma vez,muitos parabéns por tudo,musica,template,imagens,Está tudo lindo.

tuxa disse...

OI MINHA AMIGA LINDA...PENSEI QUE TINHA ENTRADO NA CASA ERRADA,PORQUE SEU GATINHO NÃO ME VEIO RECEBER RSSSS TÁ LINDO SEU CANTINHO E TÃO ARRUMADINHO,ADOREI SUA FAXINA RSSS DEPOIS A HOMENAGEM À KALDINHAS SUBSCREVO INTEIRAMENTE,ELA É UMA AMIGONA E TANTO,ADORO ELA TMB...DEPOIS SEU POST DE HJ ME COMOVEU TMB...VIXI É SÓ EMOÇÃO...E POR ULTIMO ESSA MUSICA CANTADA POR NANA QUE EU ADORO TMB...NOSSA...JÁ VIU QUE HJ ADOREI TUDO?SÓ FALTA MESMO FALAR QUE ADORO VC RSSSSS TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA E BJ EM SEU CORAÇÃO
OBRIGADA POR ESTAR NA MINHA VIDA

Vânia disse...

Olá Aldora tem andado sumida do meu blog...sinto falta qdo não aparecem por lá.
Seu blog natalino está uma graça, eu estava juntando as coisinhas para colocar no meu, o que farei amanhã.Desejo um lindo e tranquilo Domingo para vc e toda família.
Beijinhos.

Anónimo disse...

Também gosto muito da Kaldinhas.

Frases engraçadas

* Se caminhar fizesse bem, o carteiro seria IMORTAL.

* Dinheiro não traz felicidade. Então me dê o seu e viva feliz!!

* Eu não sou ninguém. Ninguém é perfeito. Portanto, sou PERFEITA!!!

* Eu uso XT porque a pressa é inimiga da perfeição...

* Coma merda! Um bilhão de moscas não podem estar erradas.

* Cérebro é uma coisa maravilhosa. Todos deveriam ter um.

* Em terra de cego, quem tem um olho é Cyclope.

* Convencida? EU?? Antes eu era convencida... Hoje, sou perfeita!

* Doação de Órgãos??? Só por cima do meu cadáver!!!

* O mundo precisa de mais gênios humildes! Hoje em dia somos poucos...

* Quem cedo madruga passa o dia com sono.

* Tempo é dinheiro, e tenho tempo de sobra, então sou bilionária!!!

* Quem ri por último é quem tem o raciocínio mais devagar...

* Teclado não encontrado, aperte F1 para continuar.

* A fé move montanhas, mas eu prefiro dinamite.

* Cultura enriquece. Pergunte ao dono de uma escola particular.

* Deus criou o homem antes da mulher para não ouvir palpites.

* Drogas fazem a gente perder a memória e uma outra coisa que não lembro.

* Camisinha furada. (A)bortar, (R)econhecer, (C)asar?

* Drogas? To fora! Saí para comprar, volto já...

* Eu, indecisa? Não tenho certeza.

* Extra! Extra! Gêmeo tenta se suicidar e mata o irmão por engano.

* Mulher grávida vive reclamando de barriga cheia.

* Não leve a vida a sério... você não vai sair vivo dela!

* Não roube! O Governo não gosta de concorrência.

* Não tem porque ser pessimista. Não vai funcionar mesmo...

* Para japonês, qualquer febre é amarela.

* Se barba fosse respeito, bode não tinha chifre.

* Se ferradura desse sorte, burro não puxava carroça!

* O estudo é a luz da vida! Poupe luz, não estude.

Bjos

Shailen

www.shailen.blogger.com.br/index.html

taliesin disse...

Oi minha amiga, gostei muito do q vc escreveu sobre a Kaldinhas ela é muito boa pessoa e gosto muito de tb.
E o texto do natal é muito bom, mostra q os presentes invisiveis, são esquecidos e troccados pelo bens visiveis, temos q re inverter isso.
beijos

Rosimeire disse...

Olá Aldora, em primeiro lugar, o que dizer da Kaldinhas, bem, vc disse tudo, ela é extremamente atenciosa, muito gentil, carinhosa, é uma pessoa totalmente encantadora.. que nunca se esquece dos amigos... Quanto aos presentes, muitas vezes damos valor ou acreditamos que os outros darão valor a coisas e bens materiais, sendo que o importante são os invisíveis... vamos seguir Exupery "o essencial é invisível aos olhos" bjs e tenha uma ótima semana.. obrigada pelo lindo award, ele já está brilhando no meu humilde cantinho...

http://kaldinhas1.blogs.sapo.pt/ disse...

Migona aqui o rapazinho irritante lololol passou aqui a correr para te desejar um boa semana cheia de alegrias e paz.
beijocassssssssssssssssss

Cassia disse...

Nossa que lindo esse texto que vc postou hj.
Te desejo muitos bens invísiveis.
Bjus

Kelly Cris disse...

Oi Aldora, como está lindo seu blog. Parabens pelo trabalho que ficou lindo. E seu post fala de uma pessoa que gosto muito a Kaldinhas, ela é muito doce. Tenha uma bela semana de muitas bençãos e obrigada pela força. Beijão.

Iara disse...

Eu tenho uma grande admiração pela Kaldinhas. Acho uma pessoa integra e sempre encontro uma mensagem positiva em seu Blog.
Amiga seu Blog é interessante. Vim agradecer a sua visita no Blog Entre Amigos e dizer que voce poderá ser destaque na proxima semana. Vá ao blog e descubra como. Bom inicio de semana. Beijos

''Aguamarinha disse...

Aldora, é de onde menos se espera que as melhores coisas acontecem. É muito bom conquistar amizades, princilpalmente as inesperadas. Está lindo seu blogger com o visual natalino. Desejo que seu domingo seja repleto de alegrias e que a semana seja de muitas energias positivas.
Beijos.