quarta-feira, maio 17, 2006

Olá hoje lembrei-me de falar sobre a VIOLÊNCIA que desabou na sexta-feira em S. Paulo porquê em S. Paulo? quando no nosso País temos tantos temas também neste momento polémicos, como o fechar de maternidades e de escolas do interior do nosso lindo País?
A razão é muito simples no domingo por volta da hora de almoço estavam a dar na televisão canal 2 um programa, que apanhei quase no fim, sobre como se vivia em S. Paulo, certas pessoas claro, mas bastantes. Em prédios como autênticos bunkers, com montes de câmaras, de filmar montes de seguranças, os carros grande parte deles a prova de bala, mesmo os de marcas menos boas, com G.P.S. para serem localizados em qualquer momento, já para não falar nos vidros que são completamente negros para não se ver para dentro, o medo de morrer ou de ser sequestrado é tão grande que grande parte das dessas pessoas deixaram mesmo de se deslocar de automóvel para o fazer por helicóptero, de casa para o emprego e vice-versa ou para as praias privadas claro. Existem empresas de aluguer desses helicópetros que alugam a várias pessoas ao mesmo para sair mais em barato, tem torres de controle só para esse meio de transporte.

Eu fiquei durante muito tempo a pensar sobre esta forma de viver, em que seres humanos, tem terror de outros seres humanos, em que deixam de conviver com todo o tipo de seres humanos com medo que seja o ultimo dia da sua vida. Como chegamos a este tipo de sociedade? Eu que gosto tanto de ver falar ouvir as pessoas, todas pobres ou ricas, nos transportes públicos, na rua aquele jeitinho de falar, aquele olhar maroto como é possível que se troque tudo isto pelo dinheiro, ele faz falta mas quanto baste, para se viver, dirão fala de barriga cheia, muitas vezes não gasto em muita coisa para ter outras. Sei viver com muito, e com pouco. Uma vez li que a melhor moeda de troca em todo mundo é educação e a cultura.
Uma coisa que me surpreendeu o ano passado nas férias em Genipabu, foi a falta de educação de pessoas que mais endinheiradas, de grandes cidades do Brasil tratavam os empregados, dos restaurantes etc. Ninguém gosta de ser mal tratado, talvez isso acumulado históricamente, faça que haja tantos deliquentes, nessas grande cidade? esta é uma das hipóteses que eu penso. Assim, falta habitações como deve ser, junto com falta de dinheiro e os Senhores mais ricos ainda a trata-los mal , será isso que faz o cocktail da violência?
Dirão mas que tem isso a ver connosco?! para esta estar para aqui a falar de S. Paulo?!
_ É simples parece-me a previsão futura das grandes cidades senão tivermos atenção á forma como nos damos com os outros, e nos vamos fechando em nós mesmos, desejando cada vez mais, só para nós e nossa família.
Nestas férias vi também crianças irem sozinhas, umas com as outras, para a praia brincar, rir com já não via há muitos anos numa alegria super saudável e no final irem para suas casas, com antigamente se brincava, sem os pais por perto mas seguras na sua inocência.
Como fomos perdendo essa alegria e tirando isso nas nossas crianças? !
Gostava que o nosso mundo fosse melhor por isso desabafo aqui hoje.

16 comentários:

Regina disse...

Bzzzzzzzzzzz
Oi minha doce Amiga!
É triste mas é verdade, a que ponto chegamos, não? Acho que só Deus pode nos ajudar, pq se dependermos de nossos governates, estamos perdidos.
Estava com saudades do seu cantinho.
Bom restinho de semana.
Um beijo carinhoso.
Regina

Taliesin disse...

Relamente minha maiga, hoje em dia aki é assim, meso muitos predios são fortalezas, mas isso é culpa dos gosvenos q tivemos e temos q nunca fizeram deis duras pra combater a criminalidade, a unica epoca q a criminalidade tinhas controle foi no regime milicar depois q ele acabou virou essa zona de guerra, infelizmente.
beijos

ah tokko é meu apelido aki em casa.

Quico disse...

Pois! Cultura e educação e nunca esquecer o respeito pelos outros, até pelos bichos. Este amigo do Ventor voltou atrás para o cumprimentar, será? Bjs.

bitu disse...

Pois é amiga.....riqueza mal repartida que gera tantos problemas que dificilmente os resolverão sem uma mudança de 360º. Um beijinho fofo e um bom fds

Regina disse...

“Paz é a semente do amanhã. Obtê-la depende muito de cada um de nós”
Querida Aldora!
Tudo bem com você?
Comigo tudo em bem, graças ao bom Deus.
Vim deixar o meu carinho e desejar um ótimo fim de semana.
Obrigada pela linda musica que me enviou. Adorei!
Um beijo carinhoso de quem te quer muito bem.
Regina

Luisa disse...

Essa violência em S. Paulo é, com certeza, provocada pelas grandes desigualdades sociais. Dizem que no Brasil não há classe média:ou se é muito rico ou muito pobre. Essas grandes diferenças são explosivas. Por cá, ainda se mantem uma classe média que faz, de certo modo, a ligação duns com os outros. Assim se mantenha para sossego de todos!

GATO ESCALDADO disse...

É verdade que a miséria só pode gerar violência,mas é triste que ainda por cima essa violência vai atingir os mais pobres porque os ricos estão sempre protegidos nos seus "bunkers",nos seu helicópteres,nas suas praias e ilhas privadas,com os seus seguranças ...Bjs

José S. disse...

Estou com pouco tempo mas aqui vai.
Para que haja tanto dinheiro na mão de tão poucos é porque algo de errado se está a passar no Mundo. Nós sabemos que há muita gente pobre e com fome que não rouba nem mata por dinheiro mas a sociedade, que exclui a maioria do povo, é a própria a criar nesse povo falsas necessidades, porque a indústria tem de vender a porcaria que produz. Ao verem todas essas vidas faustosas, a juventude cujas perspectivas de vida são nulas e a sociedade nada faz para lhes incutir outros valores que não sejam os do dinheiro, acham que também têm direito ao mesmo. Aí aparecem os oportunistas, que encontram nessa juventude os alvos para a droga e trabalho sujo que, bem remunerado ao princípio, acaba por os arrastar para a desgraça.
É isto que espera as gerações vindouras porque a globalização está aí, não só para trazer os produtos baratos da China, mas também o lucro fácil dos negócios escuros.
É a isto que estamos condenados se os políticos europeus se continuarem a deixar arrastar pelas multinacionais.
Isto dava pano para mangas mas, como está calor, vou ficar de mangas curtas e sem virgulas porque estou atrasado.
Bom fim de semana e um beijinho.

Regina disse...

Bzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
Bom dia Aldora!
Vim bater o cartão e agradecer seu carinho. Essa música é linda, desde que vc me enviou, já ouvi muitas vezes. Mostrei ao meu marido seus recadinhos e o bolo. Ele adorou. Muito obrigada!
Que seu sábado seja de muita paz e alegrias. Você mora no meu coração.
Beijos melados de mel
Regina

patricia disse...

Feliz daquele que ama a vida
em toda sua extensão,
libertando-se de qualquer preconceito,
irradiando apenas a luz natural de se alegrar com todos aqueles
que estão ao seu lado,
ignora os erros em seu semelhante,
dando o seu coração, em troca de uma
Amizade sincera e eterna...
De pessoas assim,
poderemos obter o exemplo,
do que é realmente saber viver...

Drika disse...

É mesmo muito triste esta situação, chega a dar um enorme vazio na boca do estômago. Que mundo é esse?
Beijos e um ótimo final de semana.

Sindarin disse...

Olá queridinha! Desculpa a ausência mas estive doente. Venho trazer notícia de k iniciei um novo bloguinho, mas k ainda ñ deixei o primeiro pois foi o meu "primeiro amor" com todos vocês dando-me carinho e colo sempre k precisei. Agradeço tb o teu aviso de que o meu link estava avariado por isso mesmo tentei fazer um outro blog k espero me dês o prazer de visitar. Desejo-te um bom Domingo cheio de amor e paz e deixo um grande bj cheio de amizade.

bitu disse...

Vim deixar um beijinho e uma flor. Boa semana, amiga

Filipe Freitas disse...

Aldora: hoje consegui entrar aqui nos Gatinhos Voadores, mas ainda te devo a resposta ao que me escreveste !...
Este tema da VIOLÊNCIA dá sempre muito que pensar, é triste ver tantas situações horríveis, infelizmente muto difíceis de resolver...
Uma boa semana.
Beijinhos.

Regina disse...

Querida Aldora!
Dentro de você, existem duas teclas poderosas: Delete e Arquive
Use-as com sabedoria!
Delete: tudo aquilo que não valeu à pena, quem mentiu, quem enganou seu coração, quem teve inveja, quem tentou destruir você, quem usou máscaras, quem te magoou, quem nunca chegou a saber exatamente quem você é...
Arquive: as pessoas reais, ainda que virtuais, que cederam carinho, tempo, palavras, conselhos, a mão, o coração. Pessoas que, de um jeito ou de outro, ajudaram você a ser um pouco melhor, que te fizeram crescer em sabedoria e sentimentos...
Que tenhamos uma semana de PAZ!
Um beijo carinhoso.
Regina

katy disse...

ola tive mt prazer em conhecer o teu blog... foi o sagitarius k m deu o teu contacto é k eu tb tenho um blog aki no blogger so k com as minhas alteraçoes n da pa publicar os comentarios... seria possivel obter a tua ajuda? o meu blog chma se thewinnie no kal corresponde ao corresponde ao seguinte endereço: http://thewinnie.blogspot.com... poderas contactar m atravez do meu mail: catiasalgueiro_17@hotmail.com ou mm adicionar m ao teu msn (caso tenhas) ficava mt agradecida... bigada... o teu blog ta um maximo