quinta-feira, outubro 12, 2006




Desde há uns dias que não tenho publicado e de fazer as visitas de que tanto gosto, o motivo é que estou a preparar o Natal
ao longo do tempo tenho guardado muitos gifs de natal, e resolvi fazer páginas deles para poder partilhá-los convosco e também poderem usa-los nos vossos blogs.
Como devem calcular dá algum trabalho fazer estas páginas, podem ver duas que já estão publicadas debaixo do selo da Arodla, e uma no selinhos dos amigos, onde diz as minhas jóias.



Quando fiquei grávida, aparentava muito menos idade do que tinha porque era pequena e magra, tinha a pele muito clara o que me dava um ar mais nova. Quando saia do emprego ás 13 horas para ir almoçar, cruzava-me muitas vezes com um homem que admirava muito como poeta, a minha barriga começou a crescer e olhar dele ficava sempre parado no meu ventre, como se estivesse vendo ao Raio x a criança que eu gerava, algumas vezes no seu andar vagaroso, seus lábios faziam um leve sorriso, era nessas alturas que tinha uma vontade enorme de lhe dizer que o admirava como escritor e como homem, mas acabava por baixar os olhos, com vergonha. Eu trabalhava em Alvalade, e junto à Av. Rio de Janeiro era onde avistava o Poeta, ao longe, o meu coração até batia mais rápido por ser olhada pelos olhos do poeta, fiquei sempre pensando se teria sido musa inspiradora?!

AH! COMO TE INVEJO
Ah! Como te invejo,
pássaro que cantas
o silêncio das plantas
-- alheio à tempestade.
Vives sem chão
ao sol a cantar
a grande ilusão
da liberdade...
(...com algemas de ar.)
(José Gomes Ferreira, Poesia III)


Mas na prosa que admiro mais ainda José Gomes Ferreira

"Manhãzinha cedo, senti acordar-me o sopro da voz ciciada de minha mulher:
- 0 Fafe telefonou de Cascais, ... Lisboa está cercada por tropas…
Refilo, rabugento:
- Hã? (...)
Levanto-me preparado para o pesadelo de ouvir tombar pedras sobre cadáveres. Espreito através da janela. Pouca gente na rua. Apressada. Tento sintonizar a estação da Emissora Nacional. Nem um som. Em compensação o telefone vinga-se desesperadamente. Um polvo de pânico desdobra-se pelos fios. A campainha toca cada vez mais forte.
Agora é o Carlos de Oliveira.
- Está lá? Está lá? É você, Carlos? Que se passa?
Responde-me com uma pergunta qualquer do avesso.
Às oito da manhã o Rádio Clube emite um comunicado ainda pouco claro:
- Aqui, Posto de Comando das Forças Armadas. Não queremos derramar a mínima gota de sangue.
De novo o silêncio. Opressivo. De bocejo. Inútil. A olhar para o aparelho.
Custa-me a compreender que se trate de revolução. Falta-lhe o ruído, (onde acontecerá o espectáculo?), o drama, o grito. Que chatice!
A Rosália chama-me, nervosa:
- Outro comunicado na Rádio. Vem, depressa. Corro e ouço:
- Aqui o Movimento das Forças Armadas que resolveu libertar a Nação das forças que há muito a dominavam. Viva Portugal!
Também pede à policia que não resista. Mas Senhor dos Abismos!, trata-se de um golpe contra o fascismo (isto é: salazismo-caetanismo). São dez e meia e não acredito que os «ultras» não se mexam, não contra-ataquem! (...)
A poetisa Maria Amélia Neto telefona-me: «Não resisti e vim para o escritório».
Os revoltosos estão a conferenciar com o ministro do Exército. Na Rádio a canção do Zeca Afonso: Grândola, vila morena ... Terra da fraternidade... 0 povo é quem mais ordena...
Sinto os olhos a desfazerem-se em lágrimas.
De súbito, aliás, a Rádio abre-se em notícias. 0 Marcelo está preso no Quartel do Carmo. A polícia e a Guarda Republicana renderam-se. 0 Tomás está cercado noutro quartel qualquer. E, pela primeira vez, aparece o nome do General Spínola. Novo comunicado das Forças Armadas. 0 Marcelo ter-se-á rendido ao ex-governador da Guiné. (Lembro-me do Salazar: «o poder não pode cair na rua»).
Abro a janela e apetece-me berrar: acabou-se! acabou-se finalmente este tenebroso e ridículo regime de sinistros Conselheiros Acácios de fumo que nos sufocou durante anos e anos de mordaças. Acabou-se. Vai recomeçar tudo.
A Maria Keil telefonou. 0 Chico está doente e sozinho em casa. Chora. (Nesta revolução as lágrimas são as nossas balas. Mas eu vi, eu vi, eu vi! (...)
Antes de morrer, a televisão mostrou-me um dos mais belos momentos humanos da História deste povo, onde os militares fazem revoluções para lhes restituir a liberdade: a saída dos prisioneiros políticos de Caxias.
Espectáculo de viril doçura cívica em que os presos... alguns torturados durante dias e noites sem fim.... não pronunciaram uma palavra de ódio ou de paixões de vingança.
E o telefone toca, toca, toca... Juntámos as vozes na mesma alegria. (...)
Saio de casa. E uma rapariga que não conheço, que nunca vi na vida, agarra-se a mim aos beijos.
Revolução.
José Gomes Ferreira
Poeta Militante III - Viagem do Século Vinte em mim, Lisboa, Moraes Editores, 1983


Parabéns pelas 10.000 visitas de A Papoila


21 comentários:

Monk disse...

Miau..
Que o Amor nos ajude a termos afeto para com as pessoas humanas. Porque todos nós, somos como o ciclo da natureza... Precisamos de água para a terra, do sol para nossas plantas e para nossa saúde. E, de asas para todos os pássaros. Nós precisamos ter mais afeição, e prestar atenção, no céu da noite, com o brilho das estrelas. Precisamos prestar atenção nas nossas pontencialidades, para poder desenvolver tudo isso que existe em nós... Acreditar em Deus e passar a enxergá-lo, em todas as coisas belas que existem, feitas pelas suas mãos! Amém!
Bom feriadão e abraços.
Ir. José Roberto
http://www.mariama.blogger.com.br

P@tty disse...

Oi Dorinha!!!
Adorei seu post,emocionante,hehehe!
Mas me deu uma saudade da minha barriga...e que barriga,engordei 22 kilos naquela altura.
Então você estava aí trabalhando para o Natal né?E nem pra me dizer se estava tudo bem??Fiquei preocupada!!!
Mas como esteve fazendo coisinhas lindas...eu perdoo!!
Coloquei Diogo no judô,aff!!Hoje passou a tarde toda dando pontapés nas portas e nos móveis,dando cambalhotas,já nem sei se fiz bem colocar ele lá.
Estou procurando trabalho,mas está tão complicado e muito cá entre nós,eu entro nas lojas para deixar e currículun e me sinto uma velha,ahahahahahaha.
Mil beijinhos e vê se aparece tá?
Fui...

Filipe Freitas disse...

Então... já a preparar os gif's para o Natal !...
E o coração a bater mais rápido...
Jose Gomes Ferreira, um POETA !
Bom fim de semana.
Beijinhos.

José S. disse...

Olá Aldora!!!
Já às voltas com o Natal? Mas isto é um ciclo infernal. Ainda agora terminou o período de férias e o regresso às aulas e já começa a cheirar a castanhas pelo S. Martinho e já o Natal está à porta...
Depois disto e com esta prosa sobre a revolução, fico saudosista e a pensar como é que o tempo passou... Não havemos de estar velhos... usados, porque velhos são os trapos.
Obrigado pela visita e pelos beijinhos; a família e a nina (eheheh) agradecem.
Beijinhos.

P@tty disse...

Uma flor para...
............. / .. .....alegrar o teu dia...
........... / . . .. ... para perfumar
......... / . . . ` .. . a tua alma...
........ |. . . . . |. ..| . encher o...
......... . . . ./ . ./ .. teu coração...
........... `=( /.=` ..de Amor...
............ `-;`.-' .....Para te alegrar...
................-||_"......(*_*).....
................ || _.-'| .Uma flor para
............. ,_|| _,/ ..te mostrar o mundo
........ , ..... || .' .....pleno de Amor,
....... | | ,. ||/ ......Felicidade,
.... ,..` | /|.,|Y, ....Amizade,
..... '-...'-._..||/ ......Carinho
......... >_.-`Y| .......e Paz!
.............. ,_|| .......Uma flor para...
................ ||.......te desejar
................. || .......um ótimo fim de semana!!!
................. || .......Big beiju...

Maria Elisa disse...

Olá...me cheira a gatinhos!lindos estes do seu post.Sobre a prosa de José Gomes Ferreira,grande poeta e ainda sinto o arrepio,quando relembro a verdadeira revolução dos cravos,o tempo passa...Já se sente no ar o cheiro do S.Martnho e logo, logo.. Está o Natal,pelo que leio está afazer os gif.s para animar o blog e mandar aos amigos,aqui mostra que gosta dos seus amigos.Desde já um bom fim semana um beijinho amigo Elisa
mariaelisaramos@sapo.pt

Ana Cristina disse...

Olá,como vai?
Estou passando para te visitar e agradecer sua presença no meu blog.
Adorei sua mensagem, estava mesmo precisando de uma ternura,pois amigos nos fazem sempre bem!!!
Um belo final de semana prá você!
Beijinhus com ternuras no seu coração!!!

Izabella disse...

Olá,passei aqui para lhe oferecer o meu award,parabéns pelo lindo blog.

Papoila disse...

Querida Aldora:
Fiquei comovida com este lindíssimo texto com a história do poeta com quem te cruzavas e que tanto amo José Gomes Ferreira...(acredito que talvez fosses sua musa... marota!) da sua prosa sobre esse dia em que todos soubemos encontrar a razão porque somos portugueses... "naquela revolução em que as lágrimas e os cravos foram as nosssas balas..." Obrigada pela tua referência às 10000 visitas n'A Papoila! Obrigada! Tu és uma pessoa linda linda! Este baloiços são adoráveis... temos que dar uma escapadinha e andar a sério num deles... combinado? Vou espreitar as tuas prendas de Natal.
Gosto mesmo de ti!
Beijo

Anónimo disse...

oi linda, tb ja estou contagiada pelo espírito natalino, amo essa época, ainda mais esse ano que estarei junto da minha família. No final, pensei que vc fosse dizer que casou com o homem que admirava sua barriga kkkkk Beijinhos

Jucimara e Itay disse...

oi esquci meu nome, fui eu tá Jucimara quem comentou kkk

GATO ESCALDADO disse...

Já a preparar o Natal?!!!Isso é que é espírito de antecipação.Beijocas

O GATO ESCALDADO disse...

Pois é amiga Aldora, é o que se poderá chamar 3 em 1.Não sei se reparaste que o PACIENTE PORTUGUÊS também já tem um selo.Não te esqueças de o colocar na tua galeria.Beijocas

Guida disse...

Olá amiga Aldora, também eu já tive barrigua e sei como é ser mãe, o tempo passa muito rápido, ñ é?
Sobre a revolução só mesmo o que aprendi na escola, mas uma coisa é certa o bem venceu o mal e esperamos que assim continue, cabe a nós manté-lo por muito e muito tempo...
bjnhs...e um bom fim de semana...

silvia disse...

Encantada com tudo que encontrei aqui....Tudo se encaixa perfeitamente bem. Ofereço-te o meu award.e gostaria muito de ser destaque aqui,Bom final de semana...

Samara Angel disse...

querida amiga,brigaduuuuuuuuu por estar sempre no meu cantinho mesmo eu estando ausente,estava com muitas saudades e vim de ver e desejar um lindo fim de semana,te adoro,bjsssss

Alba disse...

Noiteeeeeeeeee...
meninaaaaaa... vc está inspirada hem? Nossa que capricho... valeu o fato de não ter postado... voltou com tudo...
Beijão

Alba

Regina disse...

Bom dia Aldora!
Saudades de você!
Hoje uma amiga foi à Espanha e irá à Portugal passear, quase me ofereci para carregar as malas, hehe
Adoraria um dia poder te conhecer, também a Paty, a Tucha...
Pena vivermos tão longe, senão te ajudaria com a preparação para o natal.
Vim te desejar uma linda semana.
Beijos estaladinhos nas bochechas.
Regina

Elke disse...

Oi querida, obrigada pelo carinho de sua visita e do comentário também :)
Meu olho esta muito bom, fui medicada corretamente e logo fiquei boa.
É verdade como dão trabalho essas páginas, consomem um bom tempo.
Estamos quase no fim do ano, falta pouco pro Natal.
O post esta lindo, adorei.
Bjs grandes pra vc e tenha uma maravilhosa e iluminada semana :)

-=tëtê=- disse...

Aldora, querida! Que gostoso ver você visitando o meu blog turístico! Hoje postei um cidade mineira da qual você nunca deve ter ouvido falar. Curiosa? Passa lá! Bjks Tetê

Michele. disse...

Oi! Seu blog está cada vez + lindo! Uma maravilhosa semana para vc! Beijinhos!