quarta-feira, outubro 25, 2006

Uma chuvada

Hoje quando liguei a televisão para ver as noticias, o tema de abertura do Telejornal foram as fortes chuvadas desta noite, mas felizmente e como vem sendo hábito nestes últimos anos, não ouve cheias em lado nenhum isso é coisa do século passado, em que se construía em linhas de água, e os rios e ribeiras não eram limpos, assim como as sarjetas nas cidades, só depois das primeiras cheias eram limpas, felizmente isso ficou no outro século. Noticiaram que as crianças só se molharam um pouco ao percorrer os 5 minutos de casa até á escola, mas aí tinham as salas aquecidas como é habito, à temperatura aquecida trocaram de calçado e de roupa, que naturalmente a escola tem para esse fim e ficaram confortáveis. Depois falaram no aumento do sucesso escolar que subiu 99%, dizem que a causa destes excelentes resultados, talvez se deva ao facto de há muitos anos não haver desemprego no nosso País, contribuindo também para isso, o facto de as mães poderem ficar mais tempo com as crianças em pequenas, trabalhando em part-time compensado com um subsidio governamental e sem perda de regalias, tendo as mesmas oportunidade de acompanhar o crescimento dos seus filhos e dando-lhes todo o seu apoio.
Mostraram os idosos com um ar saudável e feliz uma vez que todos os transportes são gratuitos, assim como os cinemas, teatros, museus e centros de actividades super interessantes a funcionar, os reformados estão cada vez mais simpáticos, mais carinhosos, já não passam à frente de todos a correr como antigamente, já nem tomam vacinas para a gripe porque que não é necessário, pois não se constipam como antigamente, tem todo dia o aquecimento ligado nas suas casas, uma vez que é totalmente gratuita a electricidade, fruto das grandes inovações tecnológicas impostas pelos governos no século passado, onde todas as casas passaram a ter sistemas de fontes energéticas naturais e renováveis, solar ou eólica. No caso do litoral, a energia gerada pelas ondas do mar, foi o maior sucesso, na altura, poucos acreditavam que fosse realmente a maior fornecedora de energia às grandes metrópoles litorais, quem se acreditaria que hoje raramente nos lembramos do petróleo e gasolina. Os automóveis são movidos a energia solar, por vezes tornam-se perigosos por serem muito silenciosos.

Uma coisa interessante foi a entrevista a um casal que tinha só um filho, coisa tão rara nos dias de hoje em que quase todos os casais tem em média três a quatro filhos, cada um com seu quarto e casa de banho privativa, nem consegui entender como eles optaram por ter só um filho. Neste telejornal falaram que antigamente era necessário telemóvel para as pessoas comunicarem umas com as outras, ora bem, hoje as pessoas vivem tão agradavelmente ocupadas com o seu trabalho e com os seus amigos, que até se esquecem que antigamente, usavam isso a toda a hora, agora usam o telefone só em raras ocasiões, até porque em todos os locais públicos, casa ou trabalho, existe um ou mais computadores com Internet.

Neste noticiário e como é habito sempre que alguma coisa se passa para além do normal, lembraram-nos da fome, desemprego e criminalidade que no passado reinavam no quotidiano dos seres humanos, foi a única coisa menos boa que ouvi. De vez em quando falam nisso, talvez para não nos esquecermos que em tempos longínquos havia pessoas e coisas muito más.
Depois de ver as noticias fui até ao meu jardim e soube que uma vizinha não se tinha sentido bem, foi logo levada para o hospital que fica no quarteirão a seguir ao meu, onde tratam dos casos de urgência muito bem, bem melhor que o do meu quarteirão, que é mais dedicado a fazer partos.
Uma vez que a natalidade cresceu tanto e as condições de vida são tão boas, não sei como vamos continuar a viver assim, não temos onde gastar dinheiro, é quase tudo gratuito, temos tempo para ler, para descansar, para viajar e desfrutar da nossa família e amigos. Quando um ramo de arvore cair vai ser certamente de abertura de telejornal.

domingo, outubro 22, 2006





Consegui, já tenho mais ou menos arrumados os gifs, a postagem de hoje vai passar a estar do lado esquerdo para quem quiser utilizar, alguns são animados por mim, outros não, para encontrarem mais sobre o Halloween, estão na gaveta dos diversos, espero que gostem e deixem por favor a vossa opinião. Beijinhos e boa semana